Vigilância Offshore

 

Para entender o domínio marítimo, devemos estar preparados para coletar dados associados com o que poderia afetar a segurança, a economia ou o ambiente offshore. A ciência do domínio marítimo implica na observação contínua sobre regiões geográficas marítimas de grande extensão e exige múltiplas fontes de dados conjuntos e de coletores.


A missão da Fototerra Serviços é aumentar a conscientização através de redes de sensores que são operados a bordo de navios e plataformas aéreas, bem como sob a água.

 

A fusão de múltiplos sensores de coleta de dados marítimos é considerado a chave para o conhecimento otimizado e tornou-se indispensável para ajudar os profissionais a gerir crise marinha e controle ambiental.


Fototerra Serviços contempla serviços integrados que fornecem informações valiosas sobre:


  • Acompanhamento de rotas com base no programa;
  • Atendendo chamados em até 2 horas após chamado, operando 24/7;

  • Para ser capaz de fornecer esses dados a qualquer momento com a mais alta qualidade a Fototerra opera uma frota de aeronaves equipadas com o Sistema de Medusa, altamente sofisticado, robusto, eficiente e confiável sistema de missão disponíveis hoje para vigilância marítima ambiental.


    É a aliança entre um operador de missões aeronáuticas altamente experientes como a Fototerra e com o gabaritado sistema MEDUSA que dá aos clientes a garantia da rotina diária de seu negócio, bem como em situações de crise, podendo contar com maior qualidade de dados disponibilizados. Todos os dados estão disponíveis já durante o vôo e podem ser transmitidos diretamente e imediatamente a qualquer situação em terra e centro de emergência.


    A aeronave é equipada com o sistema MEDUSA que devido ao seu exclusivo conjunto de sensores é capaz de fornecer informações quantitativas de poluições marinhas. As principais características da operação são:


  • Planejamento de Operações;
  • Visualização em tempo real dos dados do sensor;
  • Análise pós-sobrevoo imediata;
  • Suporte de sensoriamento remote;
  • Classificação de poluição maritime;
  • Análise automatizada da cena;
  • Criação de relatório por Computer Aid;
  • Georreferenciamento e Capacitação GIS;
  • Processamento em solo e aéreo;
  • Exibição de tabelas eletrônicas;
  • Suporte AIS;
  •  


    Far | Near -> IR/UV - VIS - MWR -LFS

     

     


    A Missão MEDUSA

     

    O conjunto de sistemas que engloba diferenciados tipos de sensores auxiliares. Isto inclui as unidades de sensoriamento, processamento e comunicação e sistema de controle de missão.


    SLAR - Detecção de derramamentos de óleo para longo alcance. É geralmente realizada por Side-Looking Airborne Radar (SLAR), que é uma técnica de cloud-penetrating radar X de abertura real. A aeronave tem autonomia de cobertura de 25,000 quilômetros quadrados por hora de voo em condições ideais.


    Dispositivos EO / IR - são usados durante o dia e à noite. O sistema EO / IR pode ser conectado aos sensores como o Radar de Vigilância ou no Finder Direction. Todos os dados são registrados na rede MEDUSA a bordo e são exibidos on-line para operador em solo. 360º de rotação e giroestabilizado. Contém câmeras de captação de dados de vídeo a partir do espectro visível e infravermelho. O sistema EO / IR permite uma busca precisa num curto campo de visão.


    VIS Line Scanner - VLS é o primeiro passo como ferramenta aerotransportada de quantificação de aplicações de sensoriamento remoto em vigilância marítima. Na vigilância marítima, o sistema é ideal para a aquisição de imagens RGB georeferenciadas de alta resolução. Estas imagens podem ser usadas para documentação e para estimativas de volume mais exatas com base em códigos de aparência do petróleo.


    IR / UV - O mapeamento de extensões de derramamentos de óleo com ferramentas padrão de mapeamento aerotransportado gera informações como: a extensão total de o derramamento de óleo, espessura da camada óleo de intermediário e grande porte em diversas áreas. O sensor de IR / UV Scanner de Linha é totalmente integrado com o sistema de missão MEDUSA.


    MWR - Absolute volume measurement - Radiômetro de micro-ondas é um espectrómetro de micro-ondas de varredura, com seis canais, capaz de detectar e mapear as camadas superiores de óleo uma espessura de 0,05 milímetros. O alcance do sistema é de 0,05-3 milímetros. A capacidade de detecção do MWR e quantificação é soberba, em termos de resposta ao vazamento de óleo como as áreas mais críticas de um derramamento de óleo, assim como quantificar a espessura medida na área.


    MEDUSA´s Ground Segment - é um sistema para o pós-processamento, arquivamento e distribuição de dados de missão, em solo. Com base no mesmo software de pós-processamento instalada no segmento aéreo, a GS inclui um arquivo de sistema de serviços GIS baseado na web de acesso rápido que controla o acesso aos dados de missão.


    Dados processados e dados brutos podem ser facilmente transmitidos por satélite com (SATCOM) ou downlink de dados direto aos navios ou centros de controle situados em terra. Todos os acessos estão disponíveis dados em sistemas de informação geográfica (GIS), que é um aspecto fundamental na gestão de crises deste segmento.


    Operador-Console-Controle da missão - A interface homem-máquina (do inglês, MMI) do sistema pode ser realizada por um único console de operação denominado Console de Operação Central (COC), ou uma configuração de múltiplas unidades individuais intercambiáveis. A unidade de comando central (do inglês, COU) é um computador de missão central que cria um ambiente como o da parte central da rede de sensores Medusa. Suas tarefas são:


  • Exibição dos dados do sensor;
  • Armazenamento de dados adquiridos;
  • Análise da Poluição;
  • Acompanhamento guiado após o sobrevoo;
  • Navegação;
  • Planejamento de voo;
  • Controle dos sensores;
  • Centro de Comunicação;
  •  

     


    Near Range Sensors - Overview